quarta-feira, 17 de junho de 2015


Com o objetivo de valorizar reportagens de iniciativas bem-sucedidas sobre preservação e saneamento ambiental desenvolvidas no Rio Grande do Sul, a 2ª edição do Prêmio Lutzenberger de Jornalismo Ambiental está conquistando o engajamento do público, diversos jornalistas e estudantes de Jornalismo já efetuaram suas inscrições pelo site. O prazo para participar do prêmio encerra no dia 31 de agosto de 2015, mas as matérias devem ter sido publicadas entre o período de 1º agosto de 2014 a 31 de julho de 2015.
 
Para a repórter do Jornal Zero Hora, Lara Corrêa Ely, a questão ambiental é ainda um tema pouco explorado pela imprensa, assim participar e apoiar o prêmio é uma forma de estimular que mais colegas dediquem seus esforços para a causa, de modo profissional, com apuração e produção em multiplataforma. A repórter, que participou do prêmio no ano passado com a matéria Remada Sustentável - uma ação socioambiental do Caderno Vida que tratou sobre a sujeira no Guaíba acompanhada de uma ação de limpeza da orla por meio de stand ups – é uma das já inscritas na edição deste ano. 
 
“Acredito que o gaúcho tem muita iniciativa nesta área, é empreendedor e colaborativo com a causa. Tem muita gente fazendo coisas legais. Nós jornalistas podemos ajudar o meio ambiente alertando a população sobre problemas, esclarecendo fatos e mitos, divulgando ações interessantes nesta área, unindo as pessoas, colocando-as em contato e principalmente, contando histórias relevantes de gente que faz a diferença, para inspirar os leitores a serem mais empreendedores” destaca.
 
Uma dica da repórter aos colegas de profissão que desejam participar da iniciativa é buscar um olhar inovador sobre o tema. “Sustentabilidade é muito mais do que meio ambiente, envolve desde a sacola que carregamos nossas compras à forma como nos deslocamos na cidade”, menciona Lara.
 
Tratamento de água e dos esgotos, gestão dos recursos hídricos, das águas pluviais e dos resíduos sólidos, drenagem e tecnologias limpas, reciclagem, entre outras abordagens de ações positivas envolvendo empresas e entidades, escolas e universidades, pessoas e instituições públicas e privadas são algumas das pautas que podem ser inscritas no prêmio.
 
 
Sobre a iniciativa
O Prêmio José Lutzenberger de Jornalismo Ambiental é uma promoção conjunta da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES/RS), Associação Riograndense de Imprensa (ARI) e Braskem, voltada aos profissionais da imprensa gaúcha e aos estudantes de Jornalismo. A ação tem como objetivo incentivar a divulgação de experiências positivas na busca de soluções para o meio ambiente.
 
Com prêmios de até R$ 5 mil, o concurso é dividido em seis categorias – Jornalismo Impresso, Fotojornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo, Webjornalismo e Prêmio Braskem de Jornalismo Universitário. Os vencedores serão conhecidos em outubro em cerimônia de premiação. A iniciativa é também uma homenagem a José Lutzenberger, um dos pioneiros do movimento ecológico brasileiro.
 
Para mais informações acesse http://www.premiojornalismoambiental.com.br/


Quem somos

Espaço de caráter convergente, multimidiático e interdisciplinar para divulgação das atividades realizadas por professores e alunos do Curso de Comunicação Social da Unisc, dentro e fora das salas de aulas. Todos são bem-vindos.

Contato

Departamento de Comunicação Social
Bloco 16 - Sala 1613
Fone/Fax: 3717-7383 - Coord.: 3717-7536
csocial@unisc.br
Tecnologia do Blogger.

Arquivos

Seguidores

- Copyright © Comunicar -- Traduzido Por: Template Para Blogspot