segunda-feira, 6 de abril de 2015


A XVII Conferência Brasileira de Folkcomunicação, a ser realizada de 10 a 12 de junho na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT/Cuiabá), terá a Mostra Fotográfica “Cidades Folkcomunicacionais e Territórios Decoloniais: O folclore no espaço urbano brasileiro e latinoamericano”.

A mostra fotográfica, programada para o período de 11 de junho a 10 de agosto de 2015, será realizada no Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP-UFMT) como evento artístico e cultural constituinte da Conferência Folkcom. A realização da mostra é uma parceria entre Rede Brasileira de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom) e Programa de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) em Estudos de Cultura Contemporânea (ECCO-UFMT), com apoio da Pró-Reitoria de Cultura, Extensão e Vivência (Procev-UFMT) e do MACP-UFMT. O tema central da XVII Folkcom será “Folkcomunicação e o Pensamento Decolonial na América Latina”, numa interface entre estudos em folkcomunicação e estudos decoloniais. O projeto da mostra fotográfica tem como objetivos:

Objetivo geral 

- Reunir e apresentar registros fotográficos de práticas folclóricas e de culturas populares no ambiente urbano das cidades brasileiras e latinoamericanas.

Objetivos específicos 

- Estimular o olhar do fotógrafo, profissional ou não, na observação do folclore e das culturas populares na dinâmica da vida urbana e nos territórios de transição entre o urbano e o rural que ainda caracterizam boa parte das paisagens brasileiras e latinoamericanas.
- Conceber distintas práticas culturais como “epistemes outras” em meio aos processos de modernização e ocidentalização do mundo contemporâneo;
- Divulgar experimentos e trabalhos fotográficos de pesquisadores e estudantes de comunicação, em especial na perspectiva da folkcomunicação e na ampla interface entre comunicação e cultura;
- Promover na UFMT e na cidade de Cuiabá maior atenção coletiva às transformações do folclore e das culturas populares na experiência de modernização.
- Divulgar pesquisas visuais na área de folkcomunicação e sobre culturas populares desenvolvidas em Cuiabá, em Mato Grosso, no Brasil e na América Latina.

Perspectivas e sensibilidades 

A mostra “Cidades Folkcomunicacionais e territórios decoloniais” tem como princípio enfatizar e estimular a prática fotográfica como prática comunicacional e prática poética, buscando evidenciar a dimensão epistêmico-visual e acompanhar as transformações da prática fotográfica no mundo de hoje.
Na perspectiva folkcomunicacional, a mostra busca reunir registros das dimensões folclóricas e das culturas populares urbanas que constituem o cotidiano da cidade contemporânea no Brasil e na América Latina, observada e registrada na prática fotográfica.
A partir da “sensibilidade decolonial”, a mostra busca reunir também registros fotográficos que concebam cada lugar como território cultural que resiste a hierarquias e a qualquer concepção cultural universalista ou subalterna dos espaços geopolíticos.
Entre perspectivas locais e sensibilidades fronteiriças, a proposta é perceber a dinâmica do folclore e das culturas populares no espaço urbano, nos modos como se enredam, resistem ou se afirmam, em meio a distintas experiências de modernização, e assim se reproduzem e se transformam ao longo dos tempos.
O interesse é enfatizar a captura de distintas paisagens culturais pelo olhar do fotógrafo profissional e do cidadão comum, hoje mediado pelo consumo massificado de máquinas fotográficas e pela convergência de câmeras e equipamentos como telefones celulares e tablets.
Entre o campo das artes visuais e o da comunicação social, a fotografia hoje pauta-se por duas condições fronteiriças já nem tão nítidas: a) para as artes visuais, constituir-se como experimentação poética, mas que se mantém restrita ao campo artístico dadas as singularidades que se estabelecem pelo olhar fotográfico como raridade e b) no campo comunicacional, esgarçar-se também cada vez mais como prática social disseminada no cotidiano das pessoas comuns, e que justamente afasta-se da raridade singular para dotar-se de singularidades quaisquer.

Público-alvo 

- Docentes, pesquisadores, estudantes de Comunicação e de outras áreas do conhecimento, vinculados à Rede Brasileira de Pesquisa e Estudos em Folkcomunicação (Rede Folkcom) de todos os estados brasileiros e de outros países da América Latina.
- Fotógrafos profissionais ou não, interessados no registro do folclore e das culturas populares em Cuiabá, em Mato Grosso, no Brasil e na América Latina.

Chamada de trabalhos: cronograma

Data da exposição: 11 de junho de 2015 (quinta-feira) a 10 de agosto de 2015 (sexta-feira). Abertura às 19h30, no Museu de Arte e de Cultura Popular da Universidade Federal de Mato Grosso (MACP-UFMT), em Cuiabá.

Inscrições: Início em 09 de março de 2015 até 15 de abril de 2015.

Recebimento das imagens digitais: 10 de março a 15 de abril de 2015.

Divulgação e informe aos autores dos trabalhos selecionados: 30 de abril de 2015.

Inauguração da mostra: 11 de junho de 2015, durante a Folkcom na UFMT, às 19h30.

Condições de envio de material fotográfico: 

1) Cada autor deve enviar um conjunto de três fotografias distintas (cores ou preto-e-branco), vertical ou horizontal, em formato jpg. e/ou tif., resolução mínima de 2 Mb, em arquivo zipado.
2) As fotos devem ter, cada uma, um título e indicar: a) local de registro (bairro, cidade/estado ou cidade/província/país) e indicar equipamento utilizado;
3) Resumo conceitual: 15 linhas, em português ou espanhol, sobre o conceito do conjunto de fotografias enviadas à mostra.
4) Resumo sobre o autor: 15 linhas com nome completo e/ou nome artístico, área de formação, percurso profissional ou ligado à prática fotográfica.
5) Preencher e enviar ficha de inscrição disponível no link: https://docs.google.com/forms/d/1yynH5GbD0buJKFBeDfGE1pca5Rw09XrRpoqnoGZns8U/viewform.
6) Assinar com caneta azul e enviar, em formato PDF, documento único com: a) autorização para uso das imagens, b) declaração de autoria das imagens, c) declaração de responsabilidade sobre direito de imagens das pessoas fotografadas d) cessão de direitos autorais, conforme modelo disponível no blog institucional da XVII Conferência Brasileira de Folkcomunicação (folkcom2015.blogspot.com).
7) Enviar os arquivos para o endereço cidadesfolkcomunicacionais@gmail.com, aos cuidados de Danilo Bertoloto (Organização Local da XVII Folkcom). Toda correspondência receberá confirmação de recebimento pela equipe de produção, bem como indicativo de que os arquivos estão aptos para manuseio pela produção do evento. Material não aprovado para a mostra não será devolvido.


Quem somos

Espaço de caráter convergente, multimidiático e interdisciplinar para divulgação das atividades realizadas por professores e alunos do Curso de Comunicação Social da Unisc, dentro e fora das salas de aulas. Todos são bem-vindos.

Contato

Departamento de Comunicação Social
Bloco 16 - Sala 1613
Fone/Fax: 3717-7383 - Coord.: 3717-7536
csocial@unisc.br
Tecnologia do Blogger.

Arquivos

Seguidores

- Copyright © Comunicar -- Traduzido Por: Template Para Blogspot